N26: Um banco totalmente digital em crescimento no país

Graças ao modelo de negócios totalmente digital, o N26 opera com uma base de custos muito menor com estruturas reduzidas.

O banco digital alemão N26 quer acabar o ano com 100.000 clientes em Portugal. O objectivo foi anunciado na semana passada em Lisboa, no ‘Grande Encontro Banca do Futuro’, organizado pelo Jornal de Negócios.

Em Julho de 2019 o N26 chegou ao mercado norte-americano e os planos de expansão passam por entrar no mercado australiano, brasileiro e canadiano.

O N26 é o banco móvel. Criado especialmente para o smartphone, o N26 redesenhou o sistema bancário para torná-lo simples, elegante e fácil de usar. Graças ao modelo de negócios totalmente digital, opera com uma base de custos muito menor com estruturas organizacionais reduzidas. Sem uma rede de balcões dispendiosa ou tecnologia obsoleta, o N26 apresenta-se como o banco do futuro, hoje mesmo ao alcance dos clientes.

O N26 é um dos bancos que mais crescem na Europa. O N26 tem parcerias com as empresas de serviços financeiras e fintech mais inovadoras para oferecer aos seus clientes os melhores produtos do sector, como TransferWise (câmbio), Raisin (poupança), Clark e Allianz (seguros) e auxmoney (crédito).

Ao aproveitar o poder da inteligência artificial e do design, o N26 está a transformar o futuro dos bancos para se tornar mais adaptável às necessidades financeiras dos clientes e resolver problemas de uma forma que atualmente é ignorada pela banca tradicional.

Junte-se ao N26. Abra a sua conta em menos de 8 minutos.

Rui Anacleto
Mais de 17 anos de actividade nas áreas da comunicação social e tecnologias de informação e comunicação. Produtor de conteúdos transmitidos em rádios de norte a sul do país, Madeira e Canadá.